HomeDestaquesPIX: Possíveis mudanças nas transferências em 2023.

PIX: Possíveis mudanças nas transferências em 2023.

Saiba quais são as regras e quais podem ser as mudanças no PIX.

______Continua após a publicidade_______








__________________________________________

Sem dúvida alguma a modalidade de pagamento e de transferência financeira mais utilizada atualmente é o PIX. Porém, existem especulações de possíveis mudanças nas transferências via PIX.

mudanças transferências PIX

O PIX se tornou extremamente popular por vários fatores. Um deles é a facilidade da operação, pois com o cadastro de uma chave pessoal é possível receber valores sem necessitar passar dados bancários para ninguém.

______Continua após a publicidade_______








__________________________________________

Outro fator é a praticidade, pois, somente com essa chave, as transferências podem ser efetivadas, independente de instituição financeira, e o melhor, imediatamente.

Um outro fator muito interessante é a questão da ausência de cobranças para a transação, mesmo sendo em instituições financeiras distintas. A operação não possui tarifas, pois é regulamentada e executada pelo BANCO CENTRAL.

Entretanto, algumas mudanças nas transferências por PIX podem estar por vir.

Possíveis Mudanças no PIX

______Continua após a publicidade_______








__________________________________________

Falando de PIX, vale ressaltar que é uma das principais formas de pagamento atualmente em todo o país. Deixando para trás os depósitos, boletos e pagamentos na “boca do caixa”.

Por ser uma modalidade tão utilizada, os usuários estão sempre preocupado com mudanças nas transferências via PIX.

Visando a segurança

Sabe-se que uma das maiores preocupações do Banco Central com o PIX está na questão segurança das transações. O intuito do órgão é melhorar ao máximo a segurança nas transferências via Pix, visando a diminuição no número de golpes por parte de bandidos que se especializam cada dia mais nesse tipo de ilícito.

Preocupado com a segurança das finanças dos usuários, o Banco Central trabalha ativamente para manter uma confiabilidade cada vez maior na transação, que trouxe muitos benefícios, tanto para os usuários quanto para os empresários.

Um dos principais, e dos mais preocupantes, incidentes de segurança trata-se do vazamento de informações, pois, grande parte das pessoas que utilizam o PIX atribuem como chave o CPF ou CNPJ. Para isso, o Banco Central visa aumentar a responsabilidade das instituições financeiras com os dados dos clientes e promover mais um obstáculo para esse tipo de fraude.

Limite Diário de Transferência

______Continua após a publicidade_______








__________________________________________

Atualmente, não existe limitação para a modalidade de transferência (com exceção do período noturno). Uma das mudanças nas transferências via PIX é de entregar às instituições financeiras a possibilidade de criarem limites de transferências por cliente, de acordo com o histórico financeiro pessoal.

Bloqueio de contas

Essa mudança nas transferências por PIX tem como principal intuito a segurança. Uma vez que o usuário se dá conta que caiu em algum tipo de golpe, o mesmo pode entrar em contato com a instituição financeira e solicitar o bloqueio da conta destinatária.

Essa possibilidade pode gerar um grande banco de dados de contas “laranja” ou de contas utilizadas em estelionato.

Existirão Tarifas para o PIX?

Como dito anteriormente, o PIX hoje é a principal modalidade de transferência de valores no Brasil, principalmente pela sua agilidade e por ser gratuito.

Nesse quesito, é necessário que os usuários do PIX tenham muita calma, pois, mesmo sem expressar qualquer tipo de opinião sobre o assunto, é muito pouco provável que o Banco Central insira qualquer tipo de tarifa na transação, visto a proporção que tomou em todo território nacional.

O Pix ainda é confiável?

É importantíssimo frisar que, por ser uma transação extremamente popular entre todas as classes sociais, independente de saldo em conta bancária, o Banco Central trabalha fortemente na segurança das informações e na integridade das contas (que são de responsabilidade das instituições).

Sendo assim, vale citar que, mesmo sendo tão utilizado, a quantidade de fraudes e incidentes de segurança com o PIX é de menos de 1%, levando em consideração a quantidade de transações feitas com a modalidade diariamente.

Algumas dicas de segurança

Para o uso tranquilo do PIX, é muito válido ressaltar algumas dicas que ajudam a manter a segurança dos dados.

  • Evite criar chaves com dados pessoais como CPF, telefone, email ou CNPJ. São dados de grande confidencialidade e, nas mãos de estelionatários, podem causar estragos enormes.
  • Crie chaves aleatórias. Todas as instituições bancárias dão a possibilidade de chaves aleatórias, para que não seja cadastrado nenhum dado pessoal.
  • Para receber valores, crie pagamentos diretos. Utilize a opção QR Code ou PIX Copia e Cola. Assim pode-se definir exatamente o valor da transferência, enviar o código para o depositante sem que dados pessoais sejam expostos.
______Continua após a publicidade_______








__________________________________________

A ver com o artigo

Mais Acessados